domingo, 17 de janeiro de 2010

Isabel

Conheci uma menina tão graciosa
que se eu contar parece mentira
Oh! Isabel!
quando andava, caia um pouco de charme das cadeiras
quando falava, saia um pouco de poesia da boca
Mas quando me fitava,
ah! Quando me fitava com os olhos, me vinha um convite
de chegar pertinho
sentar juntinho
fazer chamego
Não sei quantos mais amoleceram na sua presença
Só sei que eu, fitado nesse olhar de Medusa
Estou aqui, parado, estático, esperando você voltar

3 comentários:

Anônimo disse...

Quem é essa musa, que inspira tanto sentimento...??

Anônimo disse...

Quem é essa menina....?

Emanuella disse...

Nossa que bonito ! Como sempre estão otimos os post's,o eco esta cada dia melhoor!