sexta-feira, 10 de julho de 2009

Sobre não saber desenhar.

Ainda sobre as minhas frustrações, das habilidades não escolhidas, uma que muito me chateia é eu não saber desenhar. Quer dizer, saber desenhar qualquer pessoa sabe, nem que seja o tal do boneco palitinho. Mas eu falo desenhar pra valer, acho fantástico quem com uma simples caneta e uma folha em branco, constrói uma cena com perfeição. Desenhar é representar o divino. Antes de se quer imaginar escrever, o homem – das cavernas, claro - desenhava nas grutas o seu cotidiano.
Se soubesse desenhar, desenharia tudo, ilustraria minhas histórias, passaria para o papel o rosto de cada um que eu conheço. Mas é, eu só desenharia se soubesse. Aliás, escrevo, em parte, porque não sei desenhar. Não sei fazer imagens então escrevo imagens. Ou tento.

ps: Texto co-escrito por Clara Melo.
ps²:E quando a autora do desenho aqui de cima resolver desenhar este autor que vos fala, compartilharei com todos.

6 comentários:

Clara disse...

Aliás, escrevo, em parte, porque não sei desenhar. Não sei fazer imagens então escrevo imagens. Ou tento.

Minhas palavras. Literalmente.

hahahaha

Indelével disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Indelével disse...

Que traços afastaram nossos blogs? Quem desenhou caminhos que afastaram nossos blogs? Quem? Quem?

Luíza disse...

Ei, sou eu! Exijo direitos autorais, hunf.
Eu vou fazer um desenho seu, Yke, fica calmo.

Emanuella disse...

Foram 18 dias sem aparecer nos comentários,estava sentindo falta, confesso! ahahaha, Não consigo resisti ao eco-blog, impressionante.Mais em relação ao texto, que isso, novamente Clara por aqui! É mesmo frustante não saber desenhar, por isso admiro quem possui esse dom! Ah adoreei o 'ps²' para Luíza ! ahahaha

Guilherme disse...

Muito legal o texto e belo desenho!

Não sinta-se frustrado, lembre-se que saber escrever desse jeito também é um dom de grande valor.