domingo, 14 de dezembro de 2008

No dia que tudo tiver vida...

Imagina o dia em que tudo for tão tecnologicamente desenvolvido que tenha a capacidade de raciocinar sozinho e tomar as próprias decisões?
Imagina um dia uma cafeteira parando porque está cansada de fazer tanto café ou um copo já 'cheio' de se molhar? Isso no dia que o teclado tomar uma atitude e se revoltar contra as agressões que o fazem, ou que o mouse resolva não mais rolar, e sim, ficar lá estático em cima da sua mesa.
Pensa no dia que seu monitor cansar de acender, que o seu prato não queira mais se sujar, que o seu garfo e faca desistam, respectivamente, de furar e cortar, porque acreditam mais que a vida deve ser levada na paz, na Era de Aquário.
No dia que isso acontecer, o seu carro não vai mais querer te levar para o trabalho, as caixas de som se emudecerão, a cama não mais aguentará o peso dos seus problemas e a sua câmera vai se recusar a registrar tantos momentos e vai em busca de um momento dela.
Ah! No dia que tudo que for irracional ganhar alma, ainda que high-tech, as pessoas notarão que elas desperdiçaram o que sempre tiveram: o cérebro.

3 comentários:

Emanuella disse...

Essas indagações está muito yke, que isso, deu voz a um eu-interior aí profundo das suas visões futuristas! ahahaaha, mais e verdade cncordo com vc, imagina se tudo isso acontecer?!
Está otimo o blog para variar. (:

beeijoos ;*

Giulia disse...

Iiih esse é velho ein.
Eu li primeiro \o

Nicole disse...

Engraçado, né?! Tudo isso foi criado por nossos cérebros, e pra quê? para ELE parar de funcionar... bom, as revoltas preguiçosas vêm de todos os lados...