segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Sobre o seu aniversário.

Hoje faço aniversário. Não costumo escrever muito sobre isso, a última vez, se bem me lembro, eu estava fazendo 14 anos. Fazer aniversário é estranho. Sempre achei. Na minha cabeça fazer aniversário é como prazo de validade, um dia depois não muda nada. Não que eu esteja falando que devesse acontecer uma mudança radical e cíclica na vida das pessoas a cada ano, mas é que de 11:59 pm de ontem para 00:01 am de hoje, nada mudou. Outra coisa que me confunde um pouco é parabéns. “Parabéns”... o que significa? E depois de parabéns, o que se responde? “Obrigado”. Mas obrigado pelo quê? “Pelos votos de felicidade, saúde...” Mas quem me deu parabéns, já é alguém que me deseja tudo isso sempre, não especialmente no dia do meu aniversário, e nem por isso eu digo todo dia: “- obrigado pelo que você me deseja hoje.”
Tem coisa mais constrangedora que cantar parabéns pra si mesmo? Todo mundo fica te olhando, batendo palmas, e você? Bate palmas também, canta também, e no final do “é big! é big!” grita o seu próprio nome. Mas para pra pensar, não é estranho? Porque eu grito meu próprio nome? Mas imagina que estranho também seria se tivesse todo mundo lá cantando parabéns pra você e você parado atrás do bolo, sem bater palmas, sério, olhando pra cara das pessoas. Ou seja, é um ritual que não há como fugir.
Quem nunca encontra no seu aniversário gente que pergunta: “- E aí?! Como você está se sentindo agora? Tá velho!” Bem, eu não me sinto lá muito velho. Quer dizer, não em relação a ontem. A essas pessoas eu tenho vontade de responder: Como eu to me sentindo? Vivo.
_____
Ps: Embora não pareça, eu adoro fazer aniversário.

7 comentários:

Emanuella disse...

PARABÉÉNS! Ahahaha, só pra continuar te irritando, pra deixar registrado em todos os lugares. Bon agora esse post está muito a sua cara,essas sua indagações, os porques que você quer retirar até do seu próprio aniversário, e quer encotrar as respostas, onde nãão há, é simplesmente aceitar e curtir o momento, deixar esse complexoo! Pois eu sei que no fundinho, nem que seja num cantinho, você se marra nisso tuudo! (:

beeijoos ;*

Marcela disse...

"Na minha cabeça fazer aniversário é como prazo de validade, um dia depois não muda nada. Não que eu esteja falando que devesse acontecer uma mudança radical e cíclica na vida das pessoas a cada ano, mas é que de 11:59 pm de ontem para 00:01 am de hoje, nada mudou."

Mais uma vez, é como ler meus próprios pensamentos :)

Nicole disse...

hahahahahaha adorei!
Também penso assim, todo mundo pensa assim, só não admite quem não pensa sobre isso, e simplesmente vive... não que isso seja tão ruim; é que eu prefiro pensar.

Outra coisa, uma pergunta que me surgiu agora: Você deseja bem a si mesmo? Talvez não seja tão sem sentido você cantar parabéns quando o aniversário é seu, de certa forma você concorda com tudo. Não?

Yke Leon disse...

É por justamente concordar com tudo que acho constrangedor.
É uma coisa que eu desejo pra mim, é de 'eu pra eu', não tem porque eu ficar gritando e batendo palmas, entende? hahahah
"Parabéns pra mim, aeeee!!! Muitas felicidades!!! aeeeeee!!!" huauhauh

Felipe disse...

É. um comentário breve só pra constar que eu comento e que você não atualiza. =)

GIULIA disse...

seu blog está as moscas.
F5 F5 F5 F5 ³²¹³²¹³²¹

Luiz Henrique disse...

Bom dia (tarde/noite), Yke Leon, primeiro quero me apresentar como um ilustre desconhecido, prazer, segundo quero acresecentar que está é apenas a segunda ou terceira vez na minha vida que eu poste em algo parecido não sei dizer exatamente o motivo disto mesmo porque eu era para ser da área de informatica mas então note que não estou familizarizado com este tipo de comunicação estou enrolando de novo eu enrolo muito, de qualquer jeito só gostaria de dizer que gostei muito do seu blog eu trabalho em uma repartição pública então tenho muito tempo em mãos e acabei parando no seu blog levei algum tempo mas li todos os tópicos que me interessaram e devo dizer que gostei muito de você e gsotaria de conversar, não me entenda mal, não é uma cantada nem nada do tipo eu tenho uma ex-esposa uma namorada e um filho e sou hetero (supondo que você é homem por causa do post do mictório) eu só gosto muito de conversar com gente inteligente e eu não sei quanto a você mas pessoas muito boas para conversar mesmo são muito raras eu tinha umas 3 ou 4 mas tenho tido problemas neste assunto de qualquer jeito espero que me responda logo e a Giulia tem razão você está muito sumido.
Cordialmente, L.