sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Fidel diz: - Hasta la vista!

Nessa terça-feira ( 19/02/2008 ) acompanhamos um momento histórico. Está certo que a todo momento fazemos história, mas a história de terça-feira marcou a história. ( perdoe a redundância, mas gostei do efeito " a história marcou a históra " )
Piadinhas à parte, Fidel escreveu uma carta renunciando a presidência de Cuba. A renúncia foi divulgada por meio de uma carta publicada no jornal oficial do país, o "Granma".
"A meus caros compatriotas, que me deram a imensa honra de me eleger, recentemente, como membro do Parlamento (...) comunico que não desejarei nem aceitarei - repito - não desejarei nem aceitarei o cargo de Presidente do Conselho de Estado e Comandante Chefe", diz a carta.
"Desempenhei o honroso cargo de Presidente ao longo de muitos anos. (...) Sempre dispus das prerrogativas necessárias para levar adiante a obra revolucionária com o apoio da maioria do povo", continua o texto publicado nesta terça.
Fidel fala ainda das limitações que os problemas de saúde trouxeram, ressaltando que "trairia sua consciência assumir uma responsabilidade que requer mobilidade e entrega total, o que não estou em condições físicas de oferecer." E acrescenta: "Falo isso sem drama."Na carta, ele lembra que "o adversário a ser derrotado é muito forte" e encerra com uma mensagem para o povo cubano: "Não me despeço de vocês. Desejo apenas combater como um soldado das idéias. Continuarei escrevendo sob o título "Reflexões do companheiro Fidel". Será uma arma a mais no arsenal com a qual se poderá contar. Talvez minha voz seja ouvida. Serei cuidadoso".As reflexões citadas por Fidel são publicadas no "Granma", o jornal do Partido Comunista Cubano. Os textos falam de política doméstica e internacional, servindo como um meio de comunicação com a população do país e, conseqüentemente, divulgando as idéias de Fidel para o mundo todo. ( trecho )
Fidel exerce o cargo de presidente de Cuba, desde a Revolução Cubana (1958-1959), que derrubou o governo pró-americano do general Fulgêncio Batista. Só pra dar uma explicação pros mais desatentos e alienados, a Revolução Cubana tinha caráter essencialmente nacionalista e socialista, pois recebeu forte influência do 'companheiro' Ernesto Che Guevara ( conhecido como 'Che' ) e do irmão de Fidel, Raúl Castro. ( Raúl é o que está assumindo a presidência!)
Após a revolução, Fidel Castro aproxima-se da União Soviética, fazendo de Cuba uma aliada do socialismo na América-Estadunidense. Fato que fez com que os Estados Unidos passasse a tratar a ilha como uma perigosa inimiga. Os Estados Unidos, na década de 1960, implantou um bloqueio econômico a Cuba, influenciando também na expulsão do país da OEA (Organização dos Estados Americanos).
Após a revolução, Fidel implantou um sistema socialista na ilha, acabando com a desigualdade social entre os cidadãos cubanos. Durante a Guerra Fria, a economia que Fidel implantou contava com o apoio da União Soviética. Após a queda do Muro de Berlim e o fim dos regimes socialistas na Europa Oriental, Cuba começou a passar dificuldades sem os investimentos soviéticos. Atualmente, embora possua bons sistemas educacional e de saúde, os cubanos sofrem com as dificuldades financeiras.

Enfim, Fidel é um homem polêmico e de opiniões marcantes. Por onde passa, sua bravura e exemplo, deixa uma legião de seguidores e enchem a cabeça dos mais novos de um sentimento revolucionário puro, assim como seu compatriota Ernesto Guevara.
E como bem disse um desses admiradores ferrenhos ao qual tenho acesso, Carlos Eduardo [Carlucho], daqui a 30 anos, estarão os mais novos estudando o dia 19/02/2008 nos livros de história.


Ernesto 'Che' Guevara Fidel Castro

Um comentário:

Emanuella disse...

Oláaa!
Nossa faz um tempinho que não vinha aqui da uma visitada,comentar, mais o bom é que não me atrasei tanto que nem da outra vez,haha!Bom li os ultimos posts esta cada um melhor que o outro fiqueei até em duvida em qual comentar!Esse post esta a cara do carlucho ele e sua fissura,adoração e tudo mais por cuba!gosteei muito seguindo os caminhos do 'pai', haha!Ah esse blog a cada dia que pssa esta melhor cada vez que venho aqui me surpreendo e me admiro com seus textos, e que continue sempre assim! :)

adoro muuito vocêe!
beeeeijão ;*