quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Não demora

Seja aonde estiver, que chegue logo. Não precisa pensar duas vezes, não fique deduzindo o que é certo ou errado, apenas venha. Venha que não me aguento de esperar. Já sinto teu cheiro de longe, como bolo posto na janela e que faz cheirar em todo o quarteirão. Vem logo, que eu quero te mostrar uma música que eu descobri. Não demora.
Esqueça o que passou. Se vai ou não ficar alguma coisa pelo caminho. Se existe ou não alguém que você terá que deixar para vir. Não importa. Faça o que for preciso. Mas venha. Rápido. Quero dividir a vida.
Quero brigar pela porção de fritas, pela Coca-Cola que está no fim, pelo chocolate que você ganhou na páscoa, pelo filme que vamos alugar. Quero lhe contar o meu dia, ouvir o seu e te segurar pelo braço quando você atravessar o sinal sem perceber que ele está aberto. Quero te segurar para sempre.
Quero ter dúvidas, mas não suportaria viver só imaginando como teria sido se você estivesse aqui. Você é minha única certeza. Então venha, a hora que for. Venha que eu estou esperando.

9 comentários:

Emanuella disse...

Cada vez um fascínio diferente que tenho toda vez que leio algo seu!

Larissa disse...

E' engraçado que a cada texto eu penso: "esse e' meu novo favorito!" Eu sempre consigo me identificar nem que seja com um pedacinho do que você escreveu!

Mestre dos Magos disse...

Estou chocado. A Larissa e a Manu tem toda a razão. Nós simples mortais e você o nosso soberano.

Anônimo disse...

Quertidooo, Cheguei!!

Hahaha!

Não pude deixar de zuar...

Beijos, Yke!

Ilca Leon disse...

Simplesmente "apaixonado".

Stellinha ^^ disse...

"Já sinto teu cheiro de longe, como bolo posto na janela e que faz cheirar em todo o quarteirão. Vem logo, que eu quero te mostrar uma música que eu descobri. Não demora."

Cara, sensacional! que saudade de passar por aqui! que saudade de você!

Seus textos tão incríveis,
beijos!

Gabriela Chaves disse...

Incrível, romântico, apaixonante, efim indescritível. ADOREI! Realmente, ficou MARAVILHOSO !

Anônimo disse...

Com esse texto da realmente vontade de se entregar ! Apaixonante!

Nattasha disse...

e se vc esperasse por algo que nem mesmo vc saberia dizer o que?..E se essa espera fosse pura e simplesmente em vão? O outro lado é quase sempre tão obscuro...talvez vc devesse escrever como é esperar mesmo sabendo que nada há para receber da outra parte. Amei!

Nattasha