segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Eu te amo e etc


Eu te amo e não sei mais começar uma frase que não tenha o amor como sujeito. Eu te amo e desaprendi vocabulário, ignorei o léxico e desobedeci a semântica para poder me declarar. Eu te amo e vamos dormir porque está tarde e amanhã vamos acordar cedo. Eu te amo e virei de costas porque eu sabia que você viria. Eu te amo e desliga você primeiro. Eu te amo e sem a tua mão pousada sobre a minha barriga eu já não consigo mais dormir. Eu te amo e sem você ao meu lado o mundo é todo em tons de cinza. Eu te amo e vamos ter que comer macarrão de novo. Eu te amo e faz um lanche para mim. Eu te amo e acho que estou enjoado com tudo isso que a gente misturou. Eu te amo e Roberto Carlos. Eu te amo e você é muito boba por achar que eu quero que você vá embora. Eu te amo e vamos deixar o passado passar. Eu te amo e você é a melhor coisa que já me aconteceu. Eu te amo e quando abrir a janela vou dar a noite como encerrada. Eu te amo e isso ali na janela é o sol. Eu te amo sem nem saber que era isso que era o amor. Eu te amo quando ainda achava que já tinha amado. Eu te amo e para de roubar o meu lençol de noite. Eu te amo e larga o celular um pouco e me dá atenção. Eu te amo até quando parece que não tenho motivos para te amar. Eu te amo e quando não tenho motivos para te amar é quando eu te amo mesmo. Eu te amo e seu cabelo ficou lindo. Eu te amo e você é linda. Eu te amo e acho que não posso falar isso a essa hora. Eu te amo e você sabe o que eu vou lhe pedir. Eu te amo e já nem sei o resto da frase que pretendia lhe falar. 
Eu te amo e três pontinhos. Eu te amo e etc.
Imagem e frase do escritor Fabricio Carpinejar


3 comentários:

Rodrigo Barros disse...

É, o amor é assim mesmo e etc.

Antonio Marcos disse...

Um dos versos mais fodas da literatura brasileira (e vc sabe que eu jamais disse algo sobre poesia, a sua ou a de outro, que não merecesse ser dita): Eu te amo e quando abrir a janela vou dar a noite como encerrada.

Continue por esse caminho: um poema por semestre, e os olhos de sua amada por todo instante, até que os dois sejam a mesma coisa e o tempo se perca nos versos, ou vice-versa, quem irá se importar?

Unknown disse...

Sensacional, como tudo o que costumas escrever, amigo! Fiquei realmente impressionado ontem! Você é demais mesmo,cara! Muito phoda! Parabéns!